Em busca do meu prórpio desenvolvimento como ser humano passei por uma transformação, na maneira de compreender e manejar a energia interior. Esta energia sutil aos poucos fui entendendo e aceitando, e sua contribuição na ciência me trouxe uma melhor compreensão dentro do contexto da Física Quântica.

 

As técnicas holísticas de cura correspondem a experiências de antigas civilizações, hoje revitalizadas encaradas como alento de que precisamos fortalecer nossa estrutura psicofísica.

É importante saber, entretanto, que esta prática não substitui a medicina tradicional, pois todas as terapias complementares funcionam como um apoio à escola tradicional, mas também jamais podemos descartar a sua importância em fatos onde esta se fez eficaz em curas, onde a medicina tradicional falhou.

 

O método Reiki é um sistema natural de harmonização e reposição energética que mantém ou recupera a saúde orgânica, pois ambas são uma em totalidade.

Joana Derllin

Desde criança ela sempre foi sensível as energias que a cercavam, as pessoas sempre a viam como amiga e confidente, criada em um ambiente religioso, onde buscou conhecer as mais diversas crenças religiosas durante sua infância e adolescência, já tinha ouvido falar sobre o Reiki e seu objetivo de cura, algumas pessoas até sugeriram que fizesse o curso. Começou em 2007 com meditações, e em 2016 conheceu através de amigos sua Mestra Myrta Waghetti, a mesma fez sua formação desde o Nível 1 até o 3B (Mestrado), claro respeitando o tempo de estudo e prática entre eles.

 

Hoje ela trabalha como terapeuta ajudando pessoas que buscam seus serviços através do Reiki, e se mantém em uma busca constante por aperfeiçoamento e por aprender o Reiki Original que o mestre Usui decodificou e passou a estudar e trabalhar, este é seu objetivo, além de aplicar em quem precisa.

Organiza o Reiki Para Todos onde Reikianos se unem para aplicar a técnica em pessoas, animais

e objetos, trabalhando em pro da harmonização e bem estar de todos, pode conferir o evento na Fan Page.       

  • Facebook

Myrta Sebastiany

 

Sua experiência com Reiki começou em 2003 com o Nível I , não sabia nada...mas já desde adolescente gostava de tudo que fosse sobre energia e ocultismo...tinha muito desenvolvido telepatia e força da mente então buscou fazer esta iniciação, mas como na época não tinha como ter contato com mestre para aprimorar... não deu sequencia ao aprendizado, era vago o entendimento sobre o Reiki só em 2008 quando estava cursando a pós graduação em psicologia trans pessoal que conheceu a mestra que veio me iniciar no Nível II.

 

Ainda sem muita noção do que se tratava mas foi praticando e já com mais acesso a informações na internet e alguns resultados  observados nas praticas, começou a atender pessoas.

 

" Foi maravilhoso ver os resultados ocorrendo e mais pessoas buscando este tipo de terapia..."

 

Resolveu então seguir no aprimoramento e fez o Nível III em 2009, neste período firmou seu propósito  de melhorar cada vez mais em prol de ajudar as pessoas a se curarem e despertarem para uma nova visão de mundo e de vida. Em 2010 sentiu que estava na hora de formar mais pessoas neste métodos maravilhoso que proporcionou a ela uma transformação de vida além de contribuir para a cura e evolução de outras pessoas.

 

"Reiki para mim é uma filosofia de vida! De amor, sabedoria e aprimoramento constante!."

Evelize Salgado

 

Formada em Letras e especialista em Literatura Infantil, formação que lhe rendeu 27 anos como professora em sala de aula. No final deste período iniciou o processo de aposentadoria especial, direito do professor regente, e também uma transição profissional.

Conheceu a terapia através de um jornal de divulgação na área holística e se inscreveu em um curso de Bioenergética. O Reiki foi o segundo curso que fez sintonia imediata, e logo queria dar aulas, isso fez com que em apenas 8 meses fizesse toda sua formação nos 4 níveis, e no final sentiu que faltou muita informação. Após 9 anos como Mestra tem consciência que o Reiki é um aprendizado eterno.

As mudanças em sua vida ocorreram logo após o primeiro nível, de uma forma intensa logo sentiu-se uma Reikiana Nata, sua visão sobre o mundo e postura em relação a vida tomaram outro rumo, onde sente gratidão e a necessidade de ajudar o máximo de pessoas que puder.

Johnny de Carli

 

Comecei a estudar Engenharia Agronômica, em 1978, na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, onde me interessei, desde o primeiro momento, pelas plantas medicinais (Fitoterapia).

No ano de 1980, durante as férias escolares, em Brasília, motivado por minha curiosidade, num shopping, fiz minha primeira fotografia Kirlian (bioeletrografia de nosso campo eletromagnético), que me despertou muito interesse, por esse assunto tão misterioso.

Em 1982, já formado, comprei, das mãos do saudoso Prof. Newton Milhomens, a minha primeira Máquina Kirlian (Câmara Bioeletrográfica).

 

Durante nove anos que vivi no Amazonas, aumentou o meu interesse pelo poder terapêutico das plantas, a Fitoterapia. Passado esse período estive em Londres, participando de um curso de Florais de Bach (terapias através da energia das flores, desenvolvido pelo médico inglês Edward Bach).

Iniciei o meu trabalho como Terapeuta Holístico, no ano de 1991, na Cidade de Poços de Caldas – MG. Nesse ano, abri meu primeiro espaço terapêutico, onde comecei a trabalhar com as Fotos Kirlian (Bioeletrografias) e os Florais de Bach.

 

O Reiki apareceu logo em seguida, em 1993, como consequência de minha busca, aos 32 anos de idade, em Poços de Caldas – MG, fui recomendado, por uma amiga médica, a fazer o seminário de Nível 1 do Reiki, com a Mestre Claudete França, primeira Mestre de Reiki brasileira. Com a autorização da Mestre, acabei fazendo também o Nível 2, no dia seguinte, um domingo. No primeiro momento estava bastante cético. O interesse surgiu após a observação dos resultados obtidos em duas questões pessoais: insônia e má digestão.

William Lee Rand

 

William Lee Rand, fundador e presidente do Centro Internacional de Treinamento de Reiki (ICRT), do Centro de Pesquisas de Reiki e da Associação de Afiliação Reiki,  também é editor e editor-chefe da revista Reiki News, autor de Reiki, The Healing Touch, The Reiki Touch Kit e Reiki para um novo milênio, O Espírito do Reiki e mais de 100 artigos sobre a história, filosofia e prática do Reiki.

 

William fez extensa pesquisa sobre a origem e a natureza do Reiki e produziu um trabalho pioneiro intitulado, Uma História Baseada em Evidências do Reiki, adepto ao sistema Usui / tibetano do Reiki que acondicionou em 1989. Em 1995, com a ajuda de alguns de seus alunos, desenvolveu o sistema Karuna Reiki® de cura. E em janeiro de 2014, ele introduziu o sistema de Fogo Sagrado do Reiki.

 

William recebeu Reiki I em 1981, Reiki II em 1982, e tornou-se um Mestre de Reiki em 1989. Ele recebeu o nível Reiki Master de treinamento de seis Reiki Masters, incluindo três do Japão. Ele também recebeu treinamento de Reiki I e II de Bethel Phaigh Sensei, um dos mestres de Takata Sensei e de Chiyoko Yamaguchi Sensei, que é mestre de Reiki ou Shinpi-den, que teve aulas de Hayashi Sensei.

 

Além disso, William também tem uma sólida experiência em metafísica e foi anteriormente um astrólogo profissional, hipnoterapeuta, terapeuta de regressão de vidas passadas, rebirther e é certificado em Neuro Linguistic Programing.

William dedicou sua vida ao Reiki e praticou e ensinou a tempo inteiro em aulas ao redor do mundo nos últimos 27 anos. Ele encoraja todos os praticantes de Reiki a trabalhar juntos em harmonia para trazer a paz à Terra.

Phyllis Lei Furumoto

 

Phyllis nasceu em Dallas, Texas, em 1948. A história da família é que sua avó, Hawayo Takata, ao longo de sua infância, ela frequentemente tratava sua avó com Reiki, mas não frequentava uma aula.

Em dezembro de 1980, Hawayo Takata morreu, deixando 22 mestres para continuar seu trabalho. Houve uma pergunta Takata Sensei à esquerda.

 

Quem era seu sucessor? Para alguns dos mestres, ela lhes havia dito claramente que isso devia ser Phyllis. Para outros, eles não tinham ouvido nada. Para Barbara Weber Ray, disseram-lhe que seria o sucessor. Este parecia ser o início de uma ruptura na solidariedade do círculo de mestres. Ao longo dos anos seguintes, como Phyllis foi reconhecido por muitos dos mestres, surgiram duas práticas distintas, uma enfatizando os 4 aspectos da prática e a outra concentrada na técnica de cura.

Hawayo Takata

 

Hawayo Takata nasceu em 1900 na ilha de Kauai, Havaí. Ela chegou na clínica do Dr Hayashi sofrendo de várias condições médicas sérias para serem resolvidas com Reiki, mas ela estava originalmente pretendendo receber tratamentos médicos Ocidentais convencionais para o seu tumor, pedras nos rins e apendicite. A história conta que, na mesa de operações (antes da cirurgia começar),Takata ouviu uma voz que disse " A cirurgia não é necessária ". Assim, ela recusou a operação e perguntou para o seu Médico se ele conhecia outro modo para restabelecer a sua saúde. O doutor lhe indicou o Dr. Hayashi e ela começou a receber tratamentos.

 

Takata era bastante cética sobre Reiki. Ela sentia tanto calor das mãos dos curadores que tinha certeza de que eles estavam usando algum tipo de equipamento elétrico, o ceticismo dela se transformou em convicção de como os seus problemas de saúde se solucionaram, e ela decidiu que iria aprender Reiki.

 

Dr Hayashi quis ensinar Reiki a outra mulher além de sua esposa , e sendo a Sra. Takata tão persistente ele acabou por lhe ensinar o Reiki.

 

Até tempos recentes, todos os Mestres e Praticantes de Reiki no mundo Ocidental derivavam sua linhagem dela, do Dr Hayashi e Mikao Usui.
 

Complementando sua história do Reiki, Takata acabou sendo chamada de 'Mestre' Principal do Reiki, fazendo distinção entre ela e os Mestres que ensinou. Este é um título que não foi criado por Mikao Usui. Reiki não está baseado na idéia de gurus ou grandes mestres a quem a pessoa tenha que prestar homenagem. Infelizmente muitos pensam que isso existe.

Chujiro Hayashi


O Dr. Chujiro Hayashi nasceu em Tokyo no dia 15 de setembro de 1879. Se formou na 30ª turma da Academia Naval Japonesa em 1902, servindo na Divisão de Patrulhamento de Portos durante a guerra russo-japonesa, de 04 de fevereiro desse ano até a conclusão da guerra, que veio mediante um tratado de paz, no dia 5 de setembro de 1906.

Em 1919, foi nomeado Diretor da Estação de Defesa do Porto de Ominato, onde Kanichi Taketomi que mais tarde tornou-se o terceiro diretor da Usui Reiki Ryoho Gakkai era o comandante chefe.

Chujiro Hayashi foi um dois melhores alunos de Usui. Recebeu o Shinpiden de Usui em janeiro de 1925 aos 47 anos de idade, pouco antes da morte de sensei Usui.


 

Usui o aconselhou a deixar a Usui Reiki Ryoho Gakkai e a se aprofundar no Reiki utilizando seus conhecimentos médicos e começar uma associação nova para promover o Reiki junto a população comum ao contrário do procedimento da Gakkai.

Isso foi feito e Hayashi denominou a sua associação de “Hayashi Reiki Kenkyu Kai".

A clinica estava localizada em Shinamo-Machi, em Tokyo, tinha 8 macas e 16 praticantes.

Graças a isto, o Reiki se espalhou pelo mundo.

A Hayashi Reiki Kenkyu Kai se tornou maior que a Usui Reiki Ryoho Gakkai.

Usui faleceu em março de 1926 e Hayashi era uma pessoa que tinha boas relações, ele era médico, portanto não teria nenhum problema em praticar o Reiki de uma maneira aberta, e assim ele tinha uma vantagem em relação aos outros que a maior parte não tinha.

Chujiro Hayashi morreu no dia 11 de maio de 1940 pondo fim a sua vida em sua Vila particular em Atami, uma estação termal perto do Monte Fuji.

Mikao Usui

 

Segundo lendas a respeito de civilizações desaparecidas, a manipulação dessa energia teria sido amplamente ultilizada pela civilização MU, localizada onde estão  os territórios da ìndia e o Tibet. 

 

Ainda segundo essas lendas, nessa civilização, as crianças praticariam o que atualmente corresponde ao REIKI 1 , os adolescentes e jovens, o que corresponde ao REIKI 2 , e os professores, o que corresponde ao REIKI 3; portanto, podemos deduzir que , na época, a utilização desta energia para fins curativos era livre.

 

Em meados do Séc. XIX, o japonês MIKAO USUI, de Kioto, ao ser questionado por seus alunos, sobre qual teria sido a técnica de cura utilizada por GALTAMA SHIDARTA e JESUS, resolveu iniciar uma busca para tentar descobrir a resposta. Após dez anos de pesquisa e meditação o Dr. Usui encontrou finalmente o que procurava.

Em um mosteiro zen encontrou relatos sobre certa energia de cura pela imposição das mãos, e nesses relatos constava a necessidade de um iniciado imprimir essa energia no postulante a curador, porém não era ensinado como imprimi-la. Como sabemos, no passado era comum que pessoas, buscando conhecimentos transcendentais, fossem meditar em montanhas consideradas sagradas.  Após vinte e um dias de jejum e meditação, no monte kurama, Usui  em estado de profunda meditação, o Mestre Usui decodificou os símbolos utilizados hoje no Reiki.

São muitas as versões que encontramos disponíveis sobre quem foi Mikao Usui, o fundador e decodificador do método Reiki. 

Mikao Usui nasceu a 15 de agosto de 1865 na vila de Taniai-Mura, distrito de Yamagata, no Japão. No início da idade adulta viajou pela Europa, América e China com o objetivo de estudar.

Mikao Usui casou-se com Sadako e juntos tiveram dois filhos, um rapaz (Fuji) e uma rapariga (Toshiko). Todas as informações apontam no sentido de Mikao Usui ter seguido a corrente do Budismo Tendai.

 

Um dia decidiu realizar um retiro no Monte Kurama, perto de Quioto, para se iniciar no ascetismo. O processo a que terá recorrido denomina-se Shyu Gyo, um rigoroso treino espiritual com base na meditação e no jejum. No início do 21.º dia terá sentido repentinamente uma grande energia em torno da sua cabeça e assim compreendeu a verdade, recebendo o Reiki Ryoho, termo que originalmente significa “remédio antigo” ou “terapia”.

 

Em abril de 1922 mudou-se para a zona de Harajuku, em Tóquio, onde fundou a Gakkai, escola onde passou a ensinar o seu método denominado Usui Reiki Ryoho. Mikao Usui tinha bastante sucesso e de todo o Japão chegavam pessoas em busca de orientação e tratamento.

VARIANTES DA HISTÓRIA

Quando o Reiki foi trazido para o Ocidente introduziram-se algumas alterações à sua verdadeira história. Por exemplo, foi dito que Mikao Usui era um erudito que ensinava num seminário cristão, ou que era um padre e teólogo. Acredita-se hoje que estas alterações poderão ter sido introduzidas de forma a conseguir-se uma melhor aceitação do Reiki no Ocidente. Tal é compreensível, na medida em que devido à Segunda Guerra Mundial, a cultura nipónica não era vista com bons olhos deste lado do mundo.

O Mestre Mikao Usui (sentado ao centro) com os membros da Usui Reiki Ryoho Gakkai, fundada em 1922. (in Toshitaka, M. & Miyuki, K., Reiki, 2001, p. 136 e disponível no livro Reiki Universal, de Johnny de’ Carli, Dinalivro).

2016 Criado por Joana Derllin

Derllin SPA Urbano   CNPJ: 30.584.214/0001-13

Endereço: Rua Dr. Antão Assis Brasil, 759, Pippi, Santo Ângelo, Rio Grande Do Sul, Brasil.

Entrega dos Serviços a combinar.

  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube
  • G+