Tarot Terapêutico

Quando falamos em Tarô, normalmente a primeira referência que vem a mente de quase todas as pessoas é relacionada a um jogo de cartas puramente divinatório (e que pode adivinhar o futuro), mas, na minha percepção, essa visão é inadequada, pois no momento que sabe de algo pode causar uma interferência e por este motivo o resultado é subjetivo.

Na raiz do Tarot, o uso das cartas para autoconhecimento sempre foi o propósito por trás do jogo.

Ao observarmos as cartas, podemos perceber que o Tarô é um amontoado de Símbolos, Histórias, Arquétipos que fazem referência não só a história do ser humano, mas também a todas as forças da natureza que nos envolvem, uma técnica que trabalha com a leitura da luz e da sombra de cada pessoa, com foco no autoconhecimento..

A origem do Tarot se perde nos tempos e é controversa em diversas literaturas. A grande verdade é que não se sabe de fato de onde se originaria esse tão interessante jogo de cartas.

O que sabemos é que é muito antigo, e provavelmente nasceu em mais de um lugar ao mesmo tempo, com algumas formas diferentes, mas alguns estudiosos apontam suas origens no Antigo Egito.

E a realidade é que foi algo muito bem pensado, para falar sobre nossos processos naturais e sobre aquilo que tange o caminho de desenvolvimento de cada ser humano.

No Tarot, utilizamos os símbolos das cartas para trazer um olhar pra nós mesmos. Despertar no sentido daquilo que é útil para nosso desenvolvimento pessoal, entendermos quais tipos de processos estamos vivenciando e aprendendo Aqui e Agora (seja ele de ordem física, mental, emocional ou espiritual).

O Tarot dialoga diretamente com a maneira como enxergamos o mundo e nos ajuda a identificar e transmutar os padrões que temos gravados em nós mesmos, que já não servem para que possamos trilhar nosso caminho de forma íntegra.

Muitas vezes são tendências que nos acompanham por toda a vida, e dentro de uma sessão de Tarot Terapêutico conseguimos trazer consciência disso. Conseguimos também traçar um caminho para desbloqueio desses padrões, nos levando a viver o melhor de nossa própria vida.

O Tarot nos alinha com nosso propósito e caminho de vida, nos ajudando a aceitar e integrar com carinho, todos os detalhes que constituem o nosso eu.

O Tarot Terapêutico funciona quase como uma bússola que nos mostra a direção em que vamos olhar e, assim,

auxilia profundamente em processos terapêuticos,

indo muito além do jogo com as cartas,

e identificando esses processos em nós mesmos. 

Nos auxiliando nos contínuos processos de metamorfose que a vida propõe.


Benefícios:

Direcionamento em momentos de desafio na sua vida material, mental e emocional.


ContraIndicações:

Para aqueles que querem viver de ilusão, ou acham que o Tarot vai resolver sua vida,

ou para aqueles que querem sondar a vida alheia.

2011187-Oswald-Wirth-tarot.jpg